Vencedores

Artigo exibido: 3163 vezes

Veja, o Remanescente e os Vencedores têm como sua função ser a vantagem de Deus num dia de declínio e fracasso espiritual abrangentes, ser postos avançados por meio dos quais Deus possa agir e falar. Este é meu pensamento concretamente expresso; aqui está aquilo que eu estou buscando! Esta é a função dos Vencedores para com Deus. “É isto aí” (Deus está dizendo), “vejam... olhem para Cristo e para os Seus como Eu desejo que eles sejam e vocês terão aquilo que Eu estou buscando, aquilo que está na minha mente!” O Remanescente existe para ser isto: a vantagem de Deus num dia de declínio para serem o exemplo para os outros.

O pensamento de Deus acerca de Sua Igreja é que ela seja reunida dentre as nações. Deve ser vagarosa mas firmemente formada como uma noiva digna de ser oferecida a Seu Filho como um presente, sem manchas nem defeitos ou coisas semelhantes. Deve ser dada a Cristo como Sua noiva para ser para Ele o instrumento – a agência – para ocupar e realizar o Reino vindouro através das eras. Este é o pensamento de Deus acerca da Igreja.

Podemos dizer que isto está sendo realizado de algum modo perceptível? Não, mas Deus se mantém firme a Seu pensamento. Ele busca um grupo íntimo – o qual estamos denominando o Remanescente ou o Grupo dos Vencedores – para permanecer por Ele neste serviço, para ser um elo em Seu povo entre Ele e Seu pensamento completo, e para ser o instrumento para a realização do Seu completo pensamento, para servi-lo, para ver Sua face. O que significa isto? É para ser para Seu Filho o meio de preenchimento do Reino e da realização do Reino nos dias que virão. Isto é um serviço tremendo! É para isto que os Vencedores são chamados.

Se você deseja estar na obra do Senhor, se você deseja ser um servo do Senhor, isto não é privilégio de uma classe especial chamada ministros e missionários. É para toda a congregação, para cada um que vence. “Ao vencedor, dar-lhe-ei sentar-se comigo no meu trono” (Apocalipse 3:21); “...dar-lhe-ei que se alimente da árvore da vida” (Apocalipse 2:7). Estas são figuras simbólicas daquele completo pensamento de Deus acerca de Sua Igreja, reunida e expressa primeiramente nos Vencedores.

Autor: T. Austin-Sparks - Novembro de 1945
Extraído da Biblioteca On-Line de T. Austin-Sparks
Traduzido por Jonathan L Hack

Em consonância com o desejo de T. Austin-Sparks de que aquilo que foi recebido de graça seja dado de graça, seus escritos não possuem copirraite. Portanto, você está livre para usá-los como desejar. Contudo, nós solicitamos que, se você desejar compartilhar escritos deste site com outros, por favor ofereça-os livremente - livres de mudanças, livres de custos e livres de direitos autorais.