Nossas Inseguranças sobre Jesus

Artigo exibido: 3439 vezes

“Respondeu-lhe a mulher: Senhor, tu não tens com o que tirar a água, e o poço é fundo...” - João 4:11

Você já disse pra si mesmo, “Eu estou impressionado com as maravilhosas verdades da palavra de Deus, mas ELE não pode esperar de mim que eu realmente viva nesse nível e trabalhe todos esses detalhes na minha vida”! Quando se trata de confrontar Jesus Cristo na base de Suas qualidades e habilidades, nossa atitude reflete uma superioridade religiosa. Nós pensamos que Seus ideais são elevados, grandiosos demais, e isso nos impressiona, mas nós acreditamos que Ele não está em contato com a realidade – que o que Ele diz, na verdade, não pode ser feito.

Cada um de nós pensa dessa forma sobre Jesus em alguma área da nossa vida. Essas dúvidas, inseguranças e incertezas sobre Jesus começam quando nós consideramos questões que desviam nosso foco do Senhor. Enquanto nós conversamos sobre nossos negócios com Ele, outros nos perguntam: “Onde você vai arrumar dinheiro suficiente para viver? Como você vai viver ou quem vai te sustentar?”. Ou elas começam dentro de nós mesmos quando nós dizemos para Jesus que nossas circunstancias são um pouco difíceis para Ele. Nós dizemos: “É fácil dizer: Confia no Senhor, mas a gente tem que viver; e, além disso, Jesus não tem com o que tirar a água – não tem meios para ser capaz de nos dar essas coisas.” E para não exibirmos um engano religioso dizemos: “Ah, eu não tenho inseguranças sobre Jesus, apenas sobre mim mesmo.” Se somos honestos, nós vamos admitir que nós nunca temos inseguranças ou dúvidas sobre nós mesmos, porque nós sabemos exatamente o que somos capazes e incapazes de fazer. Mas nós temos sim incertezas sobre Jesus. E nosso orgulho é ferido até quando nós pensamos que Ele pode fazer o que nós não podemos.

Minhas inseguranças surgem no fato de eu procurar minuciosamente descobrir como Ele fará o que disse. Minhas dúvidas saltam das profundezas de minha própria inferioridade. Se eu detecto essas inseguranças em mim, eu deveria trazê-las à luz do Senhor e confessá-las abertamente: “Senhor, eu tenho tido duvidas e incertezas sobre o Senhor. Eu não tenho confiado em Suas habilidades, mas apenas nas minhas. Eu não tenho confiado no Seu glorioso poder à parte do meu finito entendimento sobre isso.”

Autor: Oswald Chambers


Saiba mais...
A Ofensa da Cruz
Aparecendo-lhes por Espaço de Quarenta Dias
Como em Adão, assim em Cristo
Do Monte da Transfiguração até o Gólgota
Getsêmani Conflito e Vitória
Nossas Inseguranças sobre Jesus
O Sacrifício da Cruz
O Senhor Nunca Fica Desanimado
Os Dois Lados da Verdade - Objetivo (Exterior) e Subjetiva (Interior)
Sete Cestos Cheios
Somente Cristo
Vendo Cristo no Evangelho
Vendo Cristo nos Problemas