Preciosa Semente © Salmos 126:6
| A Salvação da Alma|
  Artigo exibido: 2740 vezes  
tamanho do texto:

Lendo as Escrituras com atenção, verificamos que a salvação de Deus inclui nosso espírito, alma e corpo: fomos, estamos sendo e seremos salvos.

Salvação Passada: É a salvação do espírito e recebe o nome de Novo Nascimento, Regeneração. O termo bíblico relacionado com essa experiência é: Justificação. “Deus, quem nos salvou” (II Tm 1:9); “Segundo a sua misericórdia nos salvou” (Tt 3:5).

Salvação Presente: É a salvação da alma, do nosso Eu. O Espírito Santo realiza a separação da alma e do espírito. A alma é “quebrada” e o Espírito Santo, através do nosso espírito, exerce Seu governo sobre ela. Isso é Santificação. “Desenvolvei a vossa salvação” (Fl 2:12); “Cristo... pode salvar completamente” (Hb 7:25); “ Na vossa paciência, ganhareis as vossas almas” (Lc 21:19); “A palavra em vós enxertada, a qual é poderosa para salvar as vossas almas” ( Tg 1:21); “Quem quiser salvar a sua vida (alma) perdê-la-á; mas quem perder a sua vida (alma) por amor de mim e do evangelho, salvá-la-á” (Mc 8:35).

Salvação Futura: É a salvação do corpo. Acontecerá por ocasião do arrebatamento ou da ressurreição. O termo bíblico para tal acontecimento é: Redenção. “Nossa salvação está agora mais perto de nós” (Rm 13:11); “Cristo aparecerá segunda vez aos que o esperam para a salvação” (Hb 9:28); “Aguardamos a nossa adoção, a saber, a redenção do nosso corpo” (Rm 8:23). A salvação do espírito nos garante o céu, a vida eterna. Uma vez recebida, não pode ser perdida. A condição para recebê-la é arrepender e crer. As obras não entram aqui. A ressurreição do corpo terá níveis de glória, como diz Paulo em I Coríntios 15. A salvação da alma está relacionada com o Reino, quando o Senhor Jesus vier para estabelecer Seu governo nesta terra durante mil anos. Aqui entram as boas obras, a conduta, o serviço prestado ao Senhor.


O Homem é Uma Tricotomia
Espírito: é formado de intuição, consciência e comunhão. A intuição é onde Deus revela Sua vontade. A consciência é a campainha moral. A comunhão é para adorar a Deus.

Alma: é formada de mente, emoção e vontade. Com a mente eu penso, raciocínio, com a emoção eu sinto; com a vontade eu decido, escolho, tomo decisões.

Corpo: é formado de carne, osso e sangue. Por meio dele tenho contato com a matéria.

A Alma é o órgão de decisão. Nela está a nossa vontade, através da qual escolhemos. Ela fica entre o espírito e o corpo e decide se o mundo espiritual ou o mundo material governará. O homem quando foi criado, se tornou Alma Vivente. Adão não era um homem espiritual; era inocente, mas precisava comer do fruto da árvore da vida para ganhar a vida eterna, a vida de Deus. Sabemos que ele comeu o fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal, que era o alimento da alma. Quando Satanás conquistou sua vontade, a morte atingiu o espírito e este morreu. Depois a morte atingiu a alma e o corpo.


Novo Nascimento
Quando nascemos de novo (de cima), nosso espírito morto é vivificado e volta a viver para Deus. O Espírito Santo passa a habitar nesse novo espírito. Mas a obra da salvação não terminou. Isso é apenas o início. O espírito foi salvo, mas a alma não. Se ela não for salva, continuaremos a obedecer às exigências do nosso corpo, ao invés de nos submetermos ao governo do Espírito de Deus e do nosso espírito.


Salvação da Alma
1) Qual é o seu significado?
É a negação do Ego; a autonegação; o quebrantamento.

2) Como sua salvação é realizada?
Por meio da Cruz que tomamos cada dia.

3) Quando será manifestada?
Durante o período do reino de Cristo na Terra.


Três categorias de Pessoas
1) O Homem Natural (Psíquicos)
I Co 2:14 – Morto em delitos e pecado

2) O crente carnal (Sárkiko)
I Co 3:1b - Tem um espírito regenerado mas continua vivendo sob as ordens da alma e do corpo.

3) O crente espiritual (Pneumátikos)
I Co 3:1a – Tem um novo espírito e o Espírito Santo através dele governa a alma e o corpo.

Passagens importantes sobre a Alma
1) Santificação total: I Ts 5:23
2) Salvar ou perder a alma: Mt 16:24-28
3) A Torre e a Guerra: Lc 14:25-35
4) Dias de Noé e a Mulher de Ló: Lc 17:20-37
5) Necessidade de perseverança: Lc 21:19
6) O perigo de retroceder: Hb 10:39
7) O pleno desenvolvimento da fé: I pd 7:9
8) A Palavra enxertada: Tg 1:21
9) Descanso para a alma: Mt 11:28-30
10) Maria, a alma e a espada: Lc 2:35
11) Adão, alma vivente: I Co 15:45
12) Divisão da alma e do espírito: Hb 4:12
13) Purificação para obediência: I Pd 1:22
14) Paixões guerreiam contra a alma: I Pd 2:11
15) Pastor, Bispo das almas: I Pd 2:25
16) Entrega da alma ao Senhor: I Pd 4:10
17) Afligido na alma justa: II Pd 2:8
18) Saúde e prosperidade: III Jo 2
19) Comercio de almas: Ap 18:13
20) Os anciãos velam pelas almas: Hb 13:17


Tipos de Salvação Mencionados na Bíblia
1) Eterna: Salvação do espírito – Diante de Deus – Para sempre – Ef 2:8,9
2) Do Mundo: Batismo nas águas – diante dos homens – Mc 16:16
3) Diária: A Salvação deve ser desenvolvida cada dia – Fl 2:12,13 – Hb 7:25
4) Das Aflições: O Senhor nos salva dos apertos – II Co 1:10 – II Tm 4:8,9
5) Do Corpo: No Arrebatamento – Ressurreição – Fl 3:21; Rm 8:23,24 – 13;
6) Da Alma: Perdemos aqui, achamos no Reino – Mt 16:25 – Lc 17:33


Tipos de Perdão encontrados na Bíblia
1) Perdão Eterno: Todos os pecados do passado, presente e futuro são perdoados. Rm 4:7; Ef 4:32; Cl 2:13; 3:13; I Jo 2:12; Mt 26:28; At 10:43

2) Perdão da Igreja: Podemos chamar de “perdão emprestado”, Jo 20:22,23; Atos 9:26-28

3) Perdão para Comunhão: Confissão e restauração; I Jo 1:9; 2:1,2

4) Perdão com Disciplina: A prática do pecado traz disciplina: II Sm 11; 12:26,27; Gl 6:7,8; Jz 16:28; Tg 5:14,15; I Pd 5:6,7; I Co 11:30-32

5) Perdão no Reino: Um tipo de perdão será dado na época do Milênio. Se noa perdoamos um irmão aqui, Deus também não nos perdoará. Isso será suficiente para nos deixar fora do reino: Mt 12:32; 6:14,15; 7:1,2; 18:21-35; Lc 6:38; Rm 2:1-3; Co 6:1-8; Tg 2:13; I Pd 4:17


Os Vencedores receberão Coroas
1) Incorruptível: I Co 9:25
2) Do Regozijo: Fl 4:1; 3
3) Da Justiça: II Tm 4:8-4;
4) Da Vida: Tg 1:12;
5) Da Glória: I Pd 5:4

Podemos receber a promessa da coroa aqui: Ap 3:11; II Tm 4:8;
Ela pode cair da nossa cabeça: Lm 5:16;
O inimigo pode tirá-la de nós: II Sm 1:10;
Depositadas aos pés de Cristo: Ap 4:10


Pecados, Pecado e Ego
Pecados: são tratados pelo sangue de Cristo; de uma vez para sempre; nos livra da culpa; condições: arrependimento e fé

Pecado: é tratado pela cruz de Cristo; de uma vez para sempre; nos livra do domínio do pecado; condições: revelação e fé.

Ego: é tratado pela cruz do cristão; provado cada dia; nos permite entrar no Reino; condições: disposições para tomar a cruz.


I) A Alma no Propósito de Deus
1. Sua Santificação: I Ts 5:23
2. Sua separação do espírito: Hb 4:12
3. Seu bem estar: III Jo 2
4. Seu descanso: Mt 11:28-30
5. Sua salvação: I Pd 1:9 – Hb 10:38,39

II) Como Salvamos nossa Alma Aqui?
1. Auto-compaixão: Mt 16:22,23
2. Auto-satisfação: Lc 12:15-21
3. Cuidados dessa vida: Lc 17:26-30; 8:14; Mc 4:18,19; Mt 13:22
4. Prazeres do mundo: (a mulher de Ló) Lc 17:32-36
5. A guerra das cobiças: I Pd 2:11

III) Como Perdemos nossa Alma Aqui?
1. Recebendo com mansidão a palavra em nós: Tg 1:21
2. Tomando o jugo do Senhor Jesus: Mt 11:28-30
3. Obedecendo a verdade: I Pd 1:22
4. Submetendo ao Superintendente das nossas almas: I Pd 2:25
5. Sofrendo sem merecer, praticando o bem: I Pd 4:19
6. Sofrendo tortura na alma diante da maldade do mundo: II Pd 2:8

IV) O Perigo e A Possibilidade de Recuar
1. Os muitos sofrimentos podem nos fazer recuar: Hb 10:32-39
2. O coração preso pelos prazeres do mundo: Lc 17:32,33

V) O Preço deve ser Pago
1. O discípulo precisa renunciar a tudo quanto possui: Lc 14:26,27,33
2. Entramos no Reino através de muitas tribulações: At 14:22
3. É preciso perseverança para ganhar nossas almas: Lc 21:19

VI) O que é Dádiva e Galardão?
1) Dádiva: “Ó vós, todos os que tendes sede, vinde às águas, e os que não tendes dinheiro, vinde, comprai, e comei; sim, vinde e comprai, sem dinheiro e sem preço, vinho e pão” (Is 55:1);
“Se conhecesses o dom de Deus e quem é o que te diz: Dá-me de beber, tu lhe pedirias e ele te daria água viva” (Jo 4:1);
“Muito mais a graça de Deus, e o dom pela graça de um só homem” (Rm 5:15);
“o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus nosso Senhor” (Rm 6:23);
“porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus” (Ef 2:8);
“e quem tem sede, venha; e quem quiser, receba de graça a água da vida” (Ap 22:17)

2) Galardão: (Recompensa)
A) Deus é Galardoador - Hb 11:6
1. Ele tem recompensa para dar: Ap 22:12
2. Ele vê o que fazemos secretamente: Mt 6:6
3. Ele julga sem acepção de pessoas: I Pd 1:17

B) As Obras são Consideradas Dividas – Rm 2:12
1. Recompensa segundo as obras: Ap 22:12
2. A recompensa é segundo as obras: I Co 3:8
3. A recompensa é para todos: Cl 3:23-24

C) As Obras incluem o Bem e o Mal que Praticamos – Rm 14:10-12; II Co 5:10
1. As orações feitas em secreto: Mt 6:6
2. Copo de água fria a um profeta: Mt 10:41
3. Não julgar os outros; usar de misericórdia: Mt 7:1; Lc 6:37,3
4. Sofrer pelo Senhor: Lc 6:23
5. Lei da semeadura: Gl 6:7; Cl 3:23-25

D) Qual deve ser nossa Atitude em Relação ao Galardão?
1. Devemos contemplar o galardão: Hb 11:26
2. Devemos ser dedicados e diligentes: I Co 9:24-27
3. Devemos buscar a plena recompensa: II Jo 8

VII) O Galardão e o Tribunal de Cristo
Tribunal de Cristo: Diante dele só comparecerão os filhos de Deus. É uma reunião da “família” (Mt 25:19).
O Senhor descerá do Trono aos ares, e ali acontecerá o julgamento da Igreja, antes do Milênio.
“Nós todos devemos comparecer perante o Tribunal de Cristo... cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus” (Rm 14:10,12).

Nós: Todos os cristãos; Paulo se inclui entre eles ao dizer “nós”.
Todos: É universal. Inclui todos os salvos em Cristo Jesus.
Devemos: É algo inevitável. Nenhum cristão poderá escapar.
Comparecer: Será algo público. Toda a Igreja presenciará.
Perante: Será depois da ressurreição em corpos glorificados.
Tribunal: O caráter será Judicial. É julgamento de verdade.
Cada Um: Será algo pessoal e individual.
Dar Conta: Teremos que dar conta da nossa vida (caráter + obras)
A Deus: Será um assunto Divino a ser resolvido com o próprio Deus.

VIII) Textos importante sobre o Reino
1. Ofensas entre irmãos em Cristo: Mt 5:21-26
2. O Perigo de não perdoarmos os irmãos: Mt 18:15-35
3. Confiança nas riquezas e o Reino: Mt 19:16, 30
4. Condenando os irmãos diante do Tribunal: I Co 6:1-11
5. A Corrida da fé e o Prêmio: I Co 9:24-27
6. O Prêmio da Soberana Chamada em Cristo: Fl 3:10-14
7. Os Dois Descansos do Povo de Deus: Hb 3 e 4
8. A Misericórdia Triunfará no Dia do Juízo: Tg 2:13
9. Entrada ampla no Reino do Senhor Jesus: II Pd 1:3-11

IX) A Corrida e o Prêmio
1. Correr com perseverança a carreira proposta: Hb 12:1
2. Todos correm... um só leva o prêmio: I Co 9:24
3. Eu corro... não como indeciso: I Co 9:26
4. De algum modo não correr em vão: Gl 2:2
5. Corríeis bem, quem vos impediu: Gl 5:7
6. Não corri nem trabalhei em vão: Fl 2:16

“Combati o bom combate, acabei a corrida e guardei a fé, desde agora a coroa da justiça me está reservada...” II Tm 4:8

Texto selecionado por Delcio Meireles

 
Voltar ao topo da página
 
Saiba mais:
- Caótica, sem Forma e em Crise
- Oração é o Trabalho Básico na Salvação de Almas
- O Evangelho: Crer e Obedecer
- Evangelho - A Boa Nova
- A Escolha que Confrontou Adão
- Justificação
- Nascer de Novo
- Um Deus Justo e Salvador
- O Homem Certo Ao Nosso Lado
- Há um Deus?
- Você é da Família de Adão ou da Família de Cristo?
- Sete Testes da Autenticidade Cristã
- Sete Evidências do Novo Nascimento
- O Passaporte do Crente para a Terra da Promessa
- Regeneração e Renovação
- A Queda do Homem
- O Caminho que Funciona
- Não Estou Salvo!
- O Medo de Crer
 
Preciosa Semente © Salmos 126:6